Antônio Manga

Nome Completo:   Antônio Barros de Souza Filho

Partido:   PSB

Data de Nascimento:   Não informado

Telefone:  

E-mail:  

Número do Gabinete:  

Fax:  

Biografia:   Antonio Barros de Souza Filho nasceu em 16 de janeiro de 1967, na Rua do Amendoim, n°06, no antigo Distrito de Tiúma, hoje, bairro de São Lourenço da Mata. Vindo de família humilde, filho de Antonio Barros de Souza e Maria das Graças de Souza, sendo ele, o segundo entre dez irmãos, passou toda a sua infância na localidade onde nasceu. E foi em Tiúma que ele despertou o interesse pelo futebol, atuando como goleiro, foi daí, que recebeu o apelido de Manga, inspirado no goleiro Manga, atleta que atuou no Sport Club do Recife, entre os anos de 1955 a 1959, e posteriormente, veio a defender a Seleção Brasileira de Futebol.
Em sua vida acadêmica, o menino foi crescendo, dividindo o futebol com os estudos, mas sempre buscando na educação atingir os seus objetivos. Cursou o Ensino Fundamental na escola Joaquim de Brito. Iniciou o Ensino Médio na escola Senador José Ermírio de Moraes, formando-se na Escola Conde Corrêa de Araújo, fazendo parte da turma de Formandos do Curso de Contabilidade. Em seguida, graduou-se em Processos Gerenciais, depois fez especialização em Administração Pública e Gerencia de cidades, pela Universidade Uninter.
Na sua vida profissional, Manga começou, em 1984, um estágio na Usina Tiúma, e aos 17 anos assumia a sua primeira responsabilidade profissional, no setor de Mecânica de Auto da Usina. Passado três meses de estágio, ele se efetivou no quadro de funcionários, como Eletricista de Auto, obtendo sua primeira assinatura em sua carteira de trabalho. Permaneceu trabalhando naquela Empresa até o ano de 1987. No mesmo ano, Manga foi chamado para trabalhar na Novepe Scania, empresa do segmento de caminhões, no Estado de Pernambuco. Nessa sua segunda atividade profissional, permaneceu até o ano de 1990. Quando na ocasião, foi convidado para ingressar no quadro da Rapidão Cometa, empresa do segmento de transporte de cargas.
Em sua vida afetiva e familiar, Manga conheceu em 1986, a alfredense Jacilene da Silva Pereira, natural do Município de João Alfredo, ela, que veio fazer uma visita à sua irmã, no Distrito de Tiúma, e pouco tempo depois, iniciaram um próspero e duradouro namoro, culminando com o enlace matrimonial no ano de 1991, no município de Orobó, numa cerimônia simples que reuniu seus familiares e amigos. Constituindo sua família e gerando desse matrimônio três filhos.
Porém, desde jovem Manga sempre foi preocupado com os contrastes de uma comunidade, ora farta, ora carente, principalmente de ações que buscassem a estabilidade econômica daquela região, além de outras ações do poder público, como a melhoria do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) daquela população. Por isso, cada vez mais, acumulando conhecimentos e amadurecendo o seu caráter. E foi em meio aos seus momentos de lazer, durante os finais de semana, com seus amigos, na antiga quadra do clube Rerum Novarum, hoje já extinta, que ele despertou o seu dom de líder, fundando em 1996, a Associação dos Moradores da Vila Tiúma.
Na ocasião, Manga iniciava sua vida pública, ao lado do então prefeito Ettore Labanca, o ex-vice-prefeito Alexandre Correia Marques, mais conhecido como Dui; Aurinéia Lima, Josefa Campelo, mãe Zefinha; Lourival Bernardo, Maria José, conhecida como Xoxa; Almira Claudino, os saudosos senhores, Ramos e Severino Santiago, chamado de Binhino; Jessé Costa, e demais amigos e moradores de Tiúma, sendo Presidente da Associação dos Moradores, no período de 1996 a 2004.
Em 2000, iniciou a sua vida política partidária, sendo candidato a Vereador, pelo PSD obtendo 487 votos, ficando na primeira suplência. Não desanimando, continuou militando ativamente na vida pública. No ano de 2002, apoiou Ettore Labanca, para Deputado Estadual e José Chaves, para Deputado Federal. Voltou a candidatar-se a Vereador, pelo PSC, apoiando o ex-prefeito, Jairo Pereira, obtendo 789 votos, ficando na segunda suplência.
Concomitantemente a isso, Manga sempre costumava citar a seguinte frase “Mais real do que fazer da vida um sonho, é fazer do sonho uma vida, pois nem sempre temos a vida que sonhamos, mas sempre teremos um sonho para viver”, foi quando sua carreira política deu uma guinada, quando no ano de 2005 conheceu a atual Deputada Federal, Ana Arraes, que o ajudou decisivamente nos programas sociais nas Comunidades, tendo sido seu trabalho, desenvolvido em Tiúma, reconhecido pela população daquele bairro.
No ano de 2006, reatou a aliança política com Ettore Labanca, apoiando-o novamente o Deputado Estadual e Ana Arraes à Deputada Federal. Continuou firme no seu propósito de concorrer, pela terceira vez, à eleição para Vereador em São Lourenço da Mata, o que fez, no ano de 2008, desta vez pelo PSB, sendo candidato, obtendo 1.193 votos. Atingindo desse modo o seu objetivo. Enfim, Manga passou a realizar o seu grande sonho de representar o povo da sua cidade na Câmara Municipal de São Lourenço da Mata. Hoje, vem desenvolvendo um trabalho importante na Casa Jair Pereira de Oliveira, como um legítimo Representante do povo, tendo diversos trabalhos sendo realizados, por isso foi reconduzido à Câmara de Vereadores, desta vez, sendo o segundo mais votado do município com 1.580 votos mostrando a sua força e reconhecimento, pelos trabalhos realizados na cidade de São Lourenço da Mata.